• Danielle Lins

7 dias em Gramado/Canela: O que fazer?

Atualizado: 30 de dez. de 2021

Gramado e Canela têm atrações diariamente para todos os públicos e gostos, o que atrai turistas de diversas partes do mundo o ano inteiro. E não é para menos! Além do frio característico da Serra Gaúcha, a gastronomia e o cenário desse lugar trazem um toque de charme e beleza, é a escolha perfeita para quem busca viver experiências únicas.


Mas como foi a minha experiência em Gramado e Canela? Como prometido no post anterior, separei algumas dicas de alimentação, roteiro, transporte... para você que está planejando a sua viagem. Vem comigo!


Arrumando as malas

Eu tinha dito a vocês que resolvi conhecer Gramado no mês de outubro por ser um período de baixa temporada e início da primavera. Diante disso, comecei a pensar nas roupas que precisava levar e a montar os looks de acordo com o clima mais ameno e confortável. Porém, não se engane! Durante a semana em que estive em Gramado, em um único dia experimentei várias mudanças de clima, chuva, cerração, calor e muito frio, então vá preparada com roupas que suportem qualquer temperatura.


Optei por não investir em muitas peças de frio como casacos pesados porque moro no Recife, uma cidade que faz calor o ano todo, então preferi comprar itens de meia estação e por baixo das roupas vestir camisa e meia-calça com isolamento térmico indicadas para manter a temperatura corporal, ambas da marca Lupo (antes que você me pergunte), que tenho desde 2018 da viagem que fiz para o Chile, assim como outros acessórios de frio que já possuía por conta dessa viagem.


Mesmo não levando casacos de estilo inverno, quis produzir looks diferentes sem ter que sobrecarregar a mala ou o meu bolso e foi aí que encontrei uma plataforma de aluguel de casacos online, Iclooset, localizada em Gramado. Já ouviram falar? É uma marca referência em sustentabilidade, atendimento, tecnologia, qualidade dos produtos e inovação.



Casacos e acessórios Iclooset. Foto: Acervo pessoal
Casacos e acessórios Iclooset que recebi. Foto: Acervo pessoal

Particularmente, tive uma experiência muito positiva. Reservei apenas um casaco, mas me surpreendi quando recebi dois, além de acessórios de cortesia, isso tudo porque a peça que tinha reservado estava com uma leve mancha (aos meus olhos, imperceptível), por conta disso a própria Iclooset forneceu um casaco a mais pensando na minha melhor experiência. O atendimento foi impecável, os preços são acessíveis e o valor é calculado por estadia, sem multiplicar por diária. Eles fazem a entrega no local da hospedagem do cliente e no final retiram gratuitamente. É muita praticidade e variedade!



Vestindo o sobretudo da Iclooset no Olivas de Gramado. Foto: Acervo pessoal
Vestindo o sobretudo da Iclooset no Olivas de Gramado. Foto: Acervo pessoal

Agora, presta atenção nessa dica de blogueira hahah! Antes de viajar, experimente as peças que você pretende levar, tire foto vestida com as propostas de looks e crie uma pasta no seu celular para armazená-las. Isso facilita muito quando já estiver no destino da viagem, você economiza tempo e energia e evita ficar na indecisão do “Com que roupa eu vou?”. Ahh, se não tiver ideia de looks dá uma conferida no Pinterest, um site que funciona como uma ferramenta de busca visual que ajuda as pessoas a encontrarem ideias e inspirações.


Você deve estar pensando se eu despachei mala, né? Sim! Escolhi despachar mala porque o que não comprei de roupa, comprei de sapatos, melhor dizendo, de botas rsrsrs..., mas tudo dentro do meu orçamento, tá?! Caso opte por mala despachada, reserve com antecedência no site ou aplicativo da companhia aérea para pagar mais barato, nunca deixe para fazer no dia do embarque no aeroporto, pois com certeza o valor será bem mais alto.


Opções para se locomover

Ao pensar em visitar a Serra Gaúcha é importante traçar um plano de transporte, por mais simples que seja. Talvez você não costume se atentar a esse detalhe, mas faz toda a diferença para aproveitar a viagem ao máximo com tranquilidade, conforto e segurança. Há pessoas que se arriscam em fazer no improviso quando já está no destino da viagem, porém não recomendo.


Para a escolha do transporte saindo do Aeroporto de Porto Alegre até Gramado vi algumas sugestões de Uber e transfer. A média de preço usando o aplicativo Uber é de R$ 180 a 200,00 apenas a ida, já o transfer privativo custava R$ 250 e ainda ganhava outro (para 2 pessoas), pelo aplicativo Prime Gourmet (mais abaixo explico como funciona), então optei por reservar o transfer privativo POA x Gramado, da Sul Travel Turismo, que na compra de um translado privativo do Aeroporto de Porto Alegre para Gramado/Canela e vice-versa, ganhava outro de igual ou menor valor e, no meu ponto de vista, foi a melhor opção.



Ao lado do motorista Pedro, da Sul Travel Turismo. Foto: Acervo pessoal
Ao lado do motorista Pedro, da Sul Travel Turismo. Foto: Acervo pessoal

Em relação aos passeios e atrações pelo centro, a opção ideal é a pé, pois as principais atrações gratuitas estão concentradas lá. E, no meu caso, o que mais ajudou foi ter escolhido, intencionalmente, um hotel localizado na principal avenida de Gramado, a Borges de Medeiros, que permitiu ir andando até os lugares.


A opção de Uber utilizei mais para passeios distantes como o Snowland, Bondinhos aéreos, Olivas de Gramado... ou quando estava com o horário reduzido e precisava chegar ao local pontualmente. Para transitar dentro das cidades o Uber custa em média de R$ 7 a 12,00. Em lugar distante, recomendo combinar com o motorista de Uber para ele buscar, pois possa ser que não consiga solicitar na volta, foi o que aconteceu comigo para retornar do passeio Olivas de Gramado. Você também pode optar por pegar Uber entre Gramado e Canela, custa em média de R$ 20 a 40,00, dependendo da dinâmica e época do ano.


Não aluguei carro nem utilizei transporte público ou táxi, mas há também essas possibilidades, vai depender da sua necessidade diante do plano de transporte traçado no planejamento.


Bustour

Confesso a vocês que sempre quis embarcar naqueles ônibus vermelhos, de dois andares, bem estilo Londres rsrsr... e esse dia chegou com o Bustour! É o City Experience Tour Oficial de Gramado e Canela. Perfeito para conhecer os principais pontos turísticos das duas cidades apreciando a vista panorâmica e registrando cada momento. Durante a rota você tem a possibilidade de descer na parada de cada atração, e depois embarcar no próximo ônibus que passar, sem pagar nada.



Na parada 01, ponto inicial do trajeto, ao lado da Catedral de Pedra de Canela. Foto: Acervo pessoal
Na parada 01, ponto inicial do trajeto, ao lado da Catedral de Pedra de Canela. Foto: Acervo pessoal

No roteiro que planejei antes da viagem incluí o Bustour para sair de Gramado e ir até as atrações de Canela, porém na prática foi diferente, acabei utilizando o ônibus para sair de Canela e retornar a Gramado. Ao longo do percurso, tem o áudio de uma guia eletrônica apresentando os detalhes de cada lugar, infelizmente em alguns momentos não foi possível contemplar as paisagens porque tinha muita neblina e chuva no dia.



Dia de chuva e muita neblina em Canela. Foto: Acervo pessoal
Dia de chuva e muita neblina em Canela. Foto: Acervo pessoal

Caso se interesse, o ingresso pode ser comprado por dia (1, 2 ou 3 dias), eu escolhi apenas um dia (utilizando o Prime Gourmet) porque meu roteiro já estava bem apertado. Mais detalhes de como funciona e os valores você pode conferir no site.


Onde comer

Quando estive planejando a viagem vi muitos comentários de pessoas falando dos altos preços cobrados pelos restaurantes em Gramado. Em blogs e canais de YouTube há muitas dicas de como economizar, uma das alternativas para quem viaja acompanhada é o aplicativo Prime Gourmet, um clube de vantagens premium em formato de Guia turístico, gastronômico e hoteleiro, que comercializa assinaturas por R$ 200 dando acesso a mais de R$ 20.000 em descontos exclusivos. De acordo com o site, ele propõe um turismo de experiência aos clientes, onde terão a oportunidade de conhecer diversos locais com ofertas no modelo de “Na compra de um prato principal, ingresso ou diária, ganhe outro de igual ou menor valor”.


Vale destacar que esse aplicativo funciona em outras cidades também, e cada região oferece mais de 120 ofertas, como se cada voucher custasse R$ 1 a R$ 2. Adquiri a minha assinatura com o cupom de desconto da youtuber Gaby Coutinho (NASCIPRAVIAJAR), o link do canal dela está no final deste post, lá ela explica com mais detalhes como funciona o Prime.


Nessa viagem, não utilizei apenas o aplicativo para alimentação, também comprei algumas ofertas de passeios, assim como o transfer, e tive um total economizado de mais de mil reais, além do que, usando o cupom da Gaby, ganhei um city tour por Gramado e Canela, participo de um grupo no Telegram com outros viajantes que já foram ou pretendem ir para a Serra Gaúcha, além de todo o suporte da Gaby.


Minhas opções:

  • Pão na chapa Gramado – opção de lanchonete localizada no centro de Gramado;

  • Maison Enchatée – opção de fondue e à la carte no centro de Gramado (aceita o Prime Gourmet);

  • Monkey Jack – opção de doceria no centro de Gramado, nesse caso focada em cinnamon rolls (pão doce envolto de canela com recheio);

  • Capannone sud – opção de cafeteria e galpão de produtos italianos no centro de Gramado;

  • Bela Vista Café Colonial – opção de café colonial localizada no centro de Gramado (aceita o Prime Gourmet);

  • Casa da Velha Bruxa – opção de cafeteria no centro de Gramado;

  • Café du Centre – opção de cafeteria estilo parisiense localizada no centro de Gramado;

  • Bueno Bah – opção de pub e bar no centro de Gramado;

  • Quintanilha – opção de restaurante com buffet gastronômico, comida de chef com sabor caseiro em Gramado (aceita o Prime Gourmet);

  • Pizzaria temática Navio Cara de Mau – opção de rodízio de pizzas com show (aceita o Prime Gourmet);

  • Cantina Tagliarini – opção de restaurante italiano no centro de Gramado (aceita o Prime Gourmet);

  • Cantina Del Vanucci Ristorante – opção de restaurante italiano localizada na cidade de Garibaldi;

  • Skillo Lanches – opção de lanchonete em Canela.


Mesmo utilizando o Prime Gourmet não deixei de usufruir os estabelecimentos que não aceitavam o aplicativo. Então, recomendo a você a analisar se vale a pena para o seu estilo de viagem utilizar esse recurso também.


Roteiro para 7 dias

Gentee, o meu roteiro mudou umas três vezes já na viagem! Isso porque da metade da semana em que estive em Gramado, começou a chover bastante e a previsão era de chuva até o fim de semana, ou seja, tive que refazer a rota e realocar alguns passeios. Graças a Deus, contei com a ajuda da recepcionista do hotel que me hospedei (Natur Hotel), Julia, muito atenciosa e prestativa (características comuns dos moradores locais), ela refez o meu roteiro logo quando cheguei e deu várias dicas.

  • Segunda-feira 11/10: Conheci a cidade de Igrejinha no caminho para Gramado (não estava no roteiro, foi um bônus do motorista do transfer); deixei as malas no hotel e saí para tomar um café reforçado, andei pelas ruas do centro e visitei o cemitério católico de São Lourenço (também não estava no roteiro), depois retornei para fazer o check-in. Passei a tarde descansando no hotel e a noite saí para jantar.

  • Terça-feira 12/10: Fiz um tour pelo centro de Gramado - Palácio dos Festivais; Fonte do Amor Eterno; Igreja de São Pedro; Rua Coberta; Cabine telefônica; Relógio Cuco; Mundo do Chocolate (aceita o Prime Gourmet); Villa Santa Claus; Rua Torta; Praça das Etnias; e Olivas de Gramado (aceita o Prime Gourmet).

  • Quarta-feira 13/10: Lago Negro (passeio de pedalinho); Mini Mundo; Jardim do Amor; e Café Colonial Bela Vista.

  • Quinta-feira 14/10: Dia destinado ao Snowland; e jantar na Pizzaria temática Navio Cara de Mau.

  • Sexta-feira 15/10 (dia de chuva): Selfie Gramado; Mundo a Vapor; e centro de Canela, na volta utilizei o Bustour.

  • Sábado 16/10 (dia de chuva): Bondinhos aéreos; Parque da Serra e Skayglass.

  • Domingo 17/10 (dia todo): City Tour Maria fumaça + tour Uva e vinho pela Andelle Turismo - Transporte (ida e volta) de Gramado, acompanhamento de guia, taxa de visita e degustação na vinícola Cantina Tonet, ingresso para o Trem Maria Fumaça e ingresso para o Parque Epopeia Italiana, almoço na Cantina Del Vanucci Ristorante, visita à loja de fábrica da Tramontina; Malharia G'Dom; e visita à queijaria.

  • Segunda-feira 18/10: caminhada pela manhã no centro de Gramado e pausa para um café no Café du Centre, antes de embarcar de volta para Recife.


Por conta da mudança de clima, infelizmente não consegui realocar dois passeios com ingresso comprado: o Alpen Park e a Aldeia do Papai Noel. Também não deu para visitar o Le Jardim nem fazer o city tour, bônus do aplicativo Prime Gourmet, diante do roteiro bem apertado. A minha dica é, se possível, sempre mantenha um roteiro flexível.


A Serra Gaúcha realmente encanta. Gramado com suas ruas floridas, gastronomia e hospitalidade. Canela com belas paisagens e detalhes da arquitetura. Quem visita esses lugares desfruta de momentos inesquecíveis.


Espero que tenham gostado. Até o próximo post!


Dicas Bônus

  • Divida o roteiro em três partes (Manhã/Tarde/Noite);

  • Acrescente sempre no roteiro 30min de deslocamento para os passeios;

  • Olhe a previsão do tempo - Se for chover, escolha lugares fechados para visitar;

  • Chegue em Gramado pela manhã e retorne de Gramado a noite, para aproveitar mais o dia;

  • Separe pelo menos três dias para visitar Gramado/Canela;

  • Não esqueça que tem pedágio (R$ 7,90 em outubro/2021) para chegar em Gramado – já estava incluso no transfer privativo que contratei;

  • Inclua no roteiro, se possível, conhecer a cidade de Nova Petrópolis (40min de distância de Gramado).


Minhas referências

Blog Gramado Oficial

YouTube Gaby Coutinho

YouTube Andy e PH Chapéu de Viagem

YouTube Gramado Blog

YouTube Trip Partiu



Gostou desse conteúdo? Clica no coração ao lado, deixa o seu comentário e compartilha com mais pessoas.

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo