• Danielle Lins

7 dias em Gramado/Canela: Organizando a viagem

Atualizado: 30 de dez. de 2021

Visitar a Serra Gaúcha é uma experiência mágica que eu considero, na minha humilde opinião, que todos deveriam ter essa oportunidade algum dia. Não apenas pelo clima, a beleza do lugar e a vasta gastronomia, mas também pelos aprendizados que podemos adquirir com os moradores locais em questão de comportamento e atitudes, e com os proprietários de estabelecimentos no quesito inovação e criatividade..., você sai de lá com uma bagagem recheada de ideias e a sensação de querer retornar em breve.


Mas como organizei a minha viagem para Gramado e Canela? É sobre isso que vamos conversar neste primeiro post! Tentei resumir o máximo possível. Senta que lá vem história rsrsr...!


Antes de mais nada, é importante lembrar que para tudo na vida (ou quase tudo) é imprescindível que haja planejamento para se organizar com antecedência, e numa viagem não seria diferente. Até mesmo para poder decidir qual o destino, você precisa saber o quanto poderá gastar, e a primeira dica que eu dou (porque costumo fazer) é começar a poupar uma quantia específica ao longo do ano para viagens, férias... a partir daí você fica tranquila para se dar ao luxo de escolher qualquer destino. Na minha concepção, o dinheiro não deveria limitar aonde você quer chegar. Concorda?



Direto do Pórtico de Gramado. Foto: Acervo pessoal

Melhor época de ir

Depois de decidir que passaria minhas férias de 2021 em Gramado, chegou a hora de escolher a época de ir, o que varia muito de cada pessoa, vai depender do seu estilo enquanto viajante. Por ser um destino com forte apelo turístico, a cidade recebe turistas o ano inteiro, e existem as temporadas que mais surgem visitantes como a época do Natal Luz, que costuma acontecer no final de outubro a janeiro. A partir das minhas referências e pesquisas, resolvi conhecer Gramado no período de baixa temporada (para economizar mais, é claro, e evitar um fluxo maior de gente na cidade, já que ainda estamos na pandemia) e no início da primavera (pelo clima mais ameno e confortável), ou seja, o mês de outubro.


Passagens áreas

Agora é aquele momento de definir os dias! Sempre confiro antes o preço das passagens áreas em dois sites/aplicativos: Skyscanner e 123 Milhas. Mas vamos por partes. O Skyscanner traz um panorama da média de preços das passagens filtrando por data específica ou mês inteiro (essa dica facilita muito), diante disso optei pelo período de 11 a 18 de outubro. Para efetuar a compra (realizada em maio de 2021), recorri ao 123 Milhas, que normalmente tem preços mais baixos por ser um sistema de compras de milhas áreas. Muitas vezes, o próprio Skyscanner já redireciona você para as promoções do 123 Milhas, mas se preferir pode acessar o site enquanto pesquisa no Skyscanner.


Vale ressaltar que comprar passagens no 123 Milhas não impede as possíveis alterações de voos, pois isso depende da companhia área, como aconteceu comigo. Em julho, recebi um e-mail informando que meu voo de ida pela TAM tinha sido alterado, ou seja, estava previsto para chegar no aeroporto de Porto Alegre no dia 11 pela manhã, mas com a alteração ficou para um dia antes (10), às 23h da noite. E, quando já estava em Gramado, especificamente um dia antes de retornar, fui notificada pela 123 Milhas que o horário do voo de volta pela Azul tinha sido alterado, antes a previsão de chegar em Recife era por volta das 20h da noite, com a mudança cheguei por volta das 21h30 da noite. Ainda bem que a mudança dessa vez foi só no horário, né?


Seguro viagem

Sei que muita gente não se atenta em adquirir seguro para a viagem, principalmente as nacionais, o que é comum, eu também já fui assim. Mas, desde que viajei para o Chile em 2018, e comprei um plano de seguro viagem por indicação da youtuber Amanda Antunes, do blog “Prefiro Viajar”, costumo adquirir um seguro viagem para os destinos mais longos, seja nacional ou internacional, por questão de segurança e evitar qualquer perrengue e imprevisto. Caso você também queira, recomendo o site Seguros Promo (também indicação do Prefiro Viajar), sempre compro nele, funciona como um comparador de preços de seguros viagem que reúne as maiores seguradoras do mercado. E o melhor, os preços são bem acessíveis, para ter uma ideia paguei apenas R$ 39,72 (já com cupom de desconto) no seguro da Assist Card, em maio. Confere no artigo do blog Prefiro Viajar que explica melhor esse assunto e lá tem o cupom de desconto.


Hospedagem

Entramos num dos pontos mais complexos de uma viagem, na minha opinião, principalmente quando se tem várias opções como é o caso de Gramado que investe pesado na rede hoteleira, o que dificulta mais a escolha. O mais importante antes de escolher é saber o estilo de viajante que você se encaixa, como citei anteriormente. Reflita nessas perguntas: O quanto que você está disposta a pagar em hospedagem? O quanto que você vai desfrutar dos benefícios da estadia? A partir daí já podemos olhar as opções que mais se enquadram na sua realidade.


Nessa minha viagem por exemplo, sabia que meu estilo de viajante é de explorar o lugar e não ficar dentro de hotel aproveitando o que ele tem a oferecer, querer “bater perna”, conhecer lugares, pessoas, fazer quase todos os passeios possíveis (a rica, né? hahah), viver experiências, principalmente porque seria a minha primeira vez na cidade. Outro fator, a localização: tinha em mente que queria me hospedar em hotel e não em pousada nem albergue (nada contra), de preferência na cidade de Gramado ao invés de Canela, especificamente na Avenida Borges de Medeiros (av. principal, o qual facilitaria o meu acesso aos principais pontos turísticos e me faria economizar em transporte), onde tem muitas opções de hotéis, porém o preço fica um pouco mais alto.


Consegue perceber que dessa forma filtrei bastante as minhas escolhas? Há outros fatores envolvidos que eu considerei: estipular um valor máximo a pagar, hospedagem com café da manhã incluso, como são as acomodações, o que estão falando nas avaliações, observar as dicas de outros viajantes em Blogs, YouTube, Instagram...e você pode contar com a ajuda dos sites de buscas de hospedagem: Hurb, Trivago, Booking, 123 Milhas...


Ufa! Você deve estar se perguntando: Mas precisa de tudo isso para escolher apenas um lugar para se hospedar? Sim, e ainda pode haver mais critérios dependendo do seu estilo de viajante hahah...

Tratando-se da cidade de Gramado, é possível encontrar hotéis dos mais diversos portes, estrelas, luxo e riqueza, os mais tradicionais, mais conceituados... Diante de todos os meus critérios de escolha, já não tinha muita opção disponível no mês que reservei (julho) porque os preços tinham aumentado. Outra dica: tente reservar o mais rápido possível porque pode acontecer do hotel não ter vagas no período que você deseja ou estar com o preço nas alturas. E qual foi a minha escolha? O Natur Hotel. Já ouviu falar? Pelo menos nas minhas pesquisas não tinha visto ninguém se referindo a ele, encontrei por acaso no Trivago.


Na entrada do Natur Hotel. Foto: Acervo pessoal

Gosto de considerar o Natur Hotel como um achado, que no primeiro momento não dei muita importância, mas na hora de escolher juntamente com o meu colega de viagem que “bateu o pé” nessa opção, decidimos por ele. E não me arrependi ao chegar lá. Sabe aquele lugar que te faz se sentir em casa? É o Natur Hotel (não é propaganda rsrsr...). Tem uma ótima localização por ficar na avenida principal, mais precisamente no final da Borges de Medeiros (a 700m da Igreja de São Pedro e da Rua Coberta), o atendimento é impecável, os funcionários bem atenciosos, acolhedores e prestativos (características de Gramado).


Dispõe de piscinas cobertas para adultos e crianças; área de recreação interna com opções de jogos e entretenimento; área de lazer externa – amplo jardim arborizado com lago; parque para recreação infantil; sala de estar com lareira; bar e restaurante; estacionamento gratuito e privativo. O quarto Standard com capacidade para duas pessoas, o qual fiquei, tinha varanda térrea com vista para o jardim e o lago, duas camas de solteiro e uma de casal dentro de um outro quarto, TV, frigobar, telefone, ar-condicionado, cofre e um banheiro.


Lago do Natur Hotel. Foto: Acervo pessoal

Sala com lareira. Foto: Acervo pessoal

Algumas críticas: as acomodações poderiam ser melhores no quesito decoração, principalmente o banheiro, no site diz ser moderno, mas achei bem simples. Tive dificuldades para acessar o wi-fi no quarto, e não achei o café da manhã com um amplo cardápio como se refere no site.


Café da manhã no Natur Hotel. Foto: Acervo pessoal

No geral, é um lugar para toda família que transmite paz e conforto, sem contar da beleza em volta por conta da natureza, um complemento a mais para o hotel, justamente por estar situado em um parque no centro de Gramado.


Vista da parte do jardim do Natur Hotel. Foto: Acervo pessoal

Dica coringa: sempre observe o preço da diária no próprio site do hotel, normalmente costuma ser mais barato do que nos sites de buscas. Foi o meu caso, pesquisei em todos aqueles sites citados acima, mas efetuei a compra no próprio site do Natur Hotel porque estava bem mais em conta.


Passeios

Com o destino escolhido, os dias definidos, as passagens áreas compradas, o hotel reservado e o seguro viagem feito, agora é hora de organizar os passeios. O que não é nada simples diante das muitas opções de pontos turísticos e passeios oferecidos pela serra gaúcha. A escolha vai depender muito de quanto você tem para investir, da quantidade de dias disponíveis e o que de fato você quer conhecer, lembrando que na região de Gramado e Canela há atrações para todos os públicos.


Por exemplo, eu adoraria ter visitado os museus Dreamland (de Cera), Hollywood Dream Cars (do Automóvel), Harley Motor Show, Salão Super Carros, Museu Egípcio, ter feito o tour dos cânions...e tantas outras atrações, mas precisei abrir mão porque não disponha de tempo e dinheiro suficiente. Pois é, não se engane em achar que dá para fazer tudo em sete dias, no próximo post vou compartilhar quais dos passeios com ingresso comprado não consegui ir. Confira abaixo todos os passeios e atrações que optei por fazer antes de montar o roteiro:

  • Rua Torta

  • Praça das Etnias (Forno de Gramado e Casa do Colono)

  • Fonte do Amor Eterno

  • Relógio cuco e termômetro

  • Vila Santa Claus

  • Igreja de São Pedro

  • Palácio dos Festivais

  • Rua Coberta

  • Tô de férias (ambiente com cenários para tirar foto)

  • Cabine telefônica estilo da Inglaterra

  • Lago Joaquina Rita Bier

  • Aldeia do Papai Noel

  • Parque Olivas de Gramado

  • Mundo de chocolate

  • Mini Mundo

  • Le Jardin (Parque da lavanda)

  • Parque Selfie Gramado

  • Jardim do amor

  • Lago Negro (pedalinho)

  • Snowland

  • Bondinhos aéreos (Parque da Serra)

  • Skyglass

  • Parque Estadual do Caracol

  • Alpen Park Ingresso

  • Centro de Canela: Catedral de Pedra, Estação Campos de Canela, Recordar fotos: Foto à moda antiga

  • Castelinho Caracol

  • Mundo a vapor

  • Lojas de chocolate entre Gramado e Canela

  • Reino do Chocolate

  • Bosque do Coelho

  • City Tour Maria fumaça + tour Uva e vinho

Segura mais uma dica aí! Boa parte das atrações que precisava comprar antes o ingresso e agendar a visita pesquisei os valores em dois sites de compras coletivas: o Laçador de Ofertas e o Tchê Ofertas, indicação de muitos viajantes. Você também pode comprar diretamente no site de cada atração, mas muitas vezes o preço sai mais alto em comparação aos sites de compras coletivas, sempre há promoções e descontos neles. No meu caso, por exemplo, adquiri 10 passeios no Tchê ofertas:

  • Mini mundo

  • Alpen Park (passaporte livre)

  • Aldeia do Papai Noel

  • Parque Skyglass + Plataforma de vidro

  • Mundo a Vapor

  • Bondinhos Aéreos - Parque da Serra

  • Snowland (passaporte com patinação livre)

  • Parque Selfie Gramado

  • Jardim do Amor

  • Tour da Uva e Vinho com Maria Fumaça + Vinícolas + Almoço em Cantina + Transporte Ida/Volta (Agência Andelle)

O que pode fazer muitas pessoas não optar pelo Tchê Ofertas é que ele cobra juros nas compras parceladas.


Finalmente saiu o meu primeiro post de viagem! Espero que tenham gostado. Mas não vai perder o próximo post com a segunda parte onde vou trazer dicas de alimentação, roteiro, transporte...



Gostou desse conteúdo? Clica no coração ao lado, deixa o seu comentário e compartilha com mais pessoas.

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo